1. Mundo Comum

Assentado nas praias do litoral, o herói desfruta de uma existência cotidiana regada a churrascos, cerveja de latão direto do isopor e, ao contrário do que ocorre na cidade, ventos.

2. O Chamado da Aventura

Essa invenção humana chamada “tempo” convoca o herói a voltar à selva de pedra para ajudar a girar a roda do capitalismo.

3. Recusa do Chamado

O herói adia ao máximo possível o retorno por medo de perder o último churrasco do fim de semana (ou do feriado).

4. Encontro com o Mentor

Diante das palavras sábias do mentor, no caso uma rádio com notícias do movimento de carros na estrada ou relatos da própria internet sobre o trânsito, o herói aceita o chamado e joga as roupas na mala de qualquer jeito.

5. Cruzamento do Primeiro Portal

O herói efetivamente entra dentro do carro, confere a gasolina, os espelhos, a quantidade de água disponível e, tomado pelo que há de mais corajoso e aventureiro no espírito humano, gira a chave na ignição.

6. Provações, Aliados e Inimigos

Ao deixar pra trás a serenidade da casa no litoral e entrar na estrada, o herói se depara com motoqueiros que desafiam a física, motoristas que usam os veículos como uma extensão do ID e a implacável lei que diz que “a fila onde você está é sempre a mais demorada”.

7. Aproximação

Após entender como funciona esse novo mundo, o herói consegue fazer o seu carro popular ano 2014 transitar de forma objetiva e segura pelos poucos espaços concedidos na estrada.

8. Provação Difícil ou Traumática

O herói agoniza com a dilatação do tempo provocada pelos 20 minutos em que o trânsito não anda e ele é obrigado a ficar parado na estrada (normalmente consequência do pedágio ou pela curiosidade mórbida das pessoas diante de acidentes).

9. Recompensa

Superando as adversidades, o herói finalmente chega ao seu destino, a cidade grande, aprendendo as desvantagens de não aproveitar as tranquilas águas da madrugada na hora de enfrentar o trânsito das estradas.

10. O Caminho de Volta

Surpreendido e abalado por um inesperado show surpresa do Armandinho nas deslumbrantes areias de Tramandaí durante o fim de semana, o herói mais uma vez se vê obrigado a encarar o rebanho de veículos nos caminhos até o litoral.

11. Ressurreição do Herói

Diante do desafio de enfrentar mais uma vez dezenas de milhares de carros em três pistas, o herói recorre ao aprendizado e deixa o lugar seguro apenas quando os sinos reverberam a chegada da meia-noite, percorrendo estradas vazias acompanhado de latinhas de Red Bull e eventuais aberturas de janela pra tomar vento no rosto.

12. Regresso Com o Elixir

Alcançando o destino em menos de 2 horas e com latas de Red Bull sobrando no carro, o herói é saudado pelo povo local, que começa a viajar apenas de madrugada e se refere a ele sempre como AQM (Aquele-Que-Manja).